• Avenida Doutor Mário Sperb, 874 - Morro do Espelho
  • (51) 3592-1584
  • sinodal@sinodal.com.br

Sinodal Bilíngue

  • 10/10/2014

O termo bilíngue remete ao uso de duas línguas. Ao falar em ensino bilíngue, o objetivo é oferecer à criança a possibilidade de adquirir uma segunda língua, por meio da qual ela seja capaz de refletir e expressar-se com fluência e naturalidade. O idioma será também o meio de aprendizagem de outros saberes, resultando em um desenvolvimento global do aluno.

Os anos de ensino-aprendizagem, ao longo dos quais se utiliza o método de imersão na língua inglesa, resultam em uma competência linguística próxima do falante nativo em um segundo idioma. O método de imersão promove não apenas a aquisição da língua pela criança, mas também seu desenvolvimento cognitivo: a consciência linguística, a criatividade e a habilidade de pensar de forma autônoma.
 
Crianças de hoje, protagonistas do amanhã
 
O Sinodal Bilíngue é voltado para os alunos do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental, com implantação gradativa, e é oferecido no turno inverso. Do 1º ao 4º ano do EF, a carga horária é de  10 horas/aula semanais. No 5º ano, com a inclusão de aulas do ensino regular no contraturno, o programa bilíngue passa para 6 horas/aula semanais e, nos anos finais do ensino fundamental, os encontros ocorrerão uma vez por semana, perfazendo 4 horas/aula. No 1º ano, é dada ênfase ao ensino da oralidade.
 
Já no 2º ano, o foco é a introdução à forma escrita. A partir do 3º ano, são consolidadas as aprendizagens ocorridas anteriormente, com os devidos aprofundamentos previstos para cada série. Para tal, é adotado material didático específico. Os alunos do Ensino Bilíngue podem complementar o seu turno com o Sinodal Integral, ou com escolinhas e/ou oficinas disponíveis para cada nível. 
 
Disciplinas
  • Matemática – Math
  • Ciências Sociais – Social Science
  • Música – Music
  • Artes – Arts
  • Ciências – Science
 
É adotada, no programa Bilíngue, a Plataforma Educate. O Educate Bilingual Program foi desenvolvido a partir de quatro bases estruturantes: 
 
CLIL (Content and Language Integrated Learning) – aprendizagem integrada de línguas e conteúdos de outras áreas do conhecimento;
 
Blended Learning – integração consistente e constante entre ferramentas e estratégias de aprendizagem presencial e virtual;
 
Experiential Learning – aprendizagem por meio de vivências e atividades colaborativas;
 
Competências do século XXI – muito além do aprendizado cognitivo, a busca pela formação integral do aluno, desenvolvimento do pensamento crítico, colaboração, flexibilidade, empatia, imaginação e criatividade, entre outros.
 
Benefícios
O aluno do Sinodal Bilíngue, através da sua imersão no segundo idioma, prepara-se, desde cedo, para o mercado e o estudo que se seguirão após sua passagem no Ensino Médio. Ele vai estar apto às provas de Língua Inglesa dos vestibulares de universidades públicas e do Exame Nacional do Ensino Médio, sem necessitar do apoio de cursos de idiomas.
 
Ele também estará preparado para os testes TOEFL® e TOEFL® Junior, reconhecidos por mais de 9.000 instituições de ensino superior, universidades e agências, em mais de 130 países, como Austrália, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos. A aplicação do TOEFL® e TOEFL® Junior possibilita que o aluno acompanhe seu desempenho com referências mundiais, tendo como finalidades comuns o estudo e a inserção na vida acadêmica e no mercado de trabalho em nível global.
 
Estrutura
Os professores que atuam no Sinodal Bilíngue têm formação pedagógica e linguística e já compõem o quadro docente do Colégio Sinodal. Os planos de aula do ensino são elaborados por eles, com o apoio e a revisão da Coordenação Pedagógica do nível.
 
Os alunos do Sinodal Bilíngue podem contar com: salas multimídia novas, localizadas no prédio administrativo; espaço para descanso e atividades dirigidas; almoço.
 
Sinodal Bilíngue X Escola de Idiomas
Na Educação Bilíngue, a língua é tanto o objetivo a ser alcançado quanto a ferramenta para atingir esse objetivo. As disciplinas têm como base a estrutura curricular regular do nível. Para cursar o Bilíngue, é preciso estar matriculado na Educação Básica.
A educação de idiomas tem como meta somente a língua, e não faz dela uma ferramenta para esse fim, o que é chamado de “ferramenta para resultado”. As escolas de línguas ensinam o idioma de forma livre. Cada uma define seu currículo seguindo padrões pedagógicos, sem a interferência do ensino básico. 
 
Alfabetização
A consolidação da alfabetização e do letramento que a escola adota ocorre na disciplina de Português, no 1° ano. Apropriados das ferramentas que garantem o domínio da alfabetização e do letramento, a aquisição da escrita, em uma nova língua, ocorre seguindo a mesma linearidade, diferenciando-se no que se refere à relação fonema/grafema (som/letra). Nesse sentido, a imersão garante a automatização dessas peculiaridades linguísticas por meio da vivência simultânea com dois idiomas. 

(051) 3592-1584

bilingue@sinodal.com.br